Quem trabalha por conta própria precisa de um currículo para freelancer, para usar quando surgir a oportunidade de um trabalho freelancer. Mas quais exemplos ou modelos de currículo freelancer existem no mercado e como posso um bom currículo para apresentar meu serviços profissionais? Esse artigo trará alguns pontos importantes para você fazer seu currículo freela.

Exemplo de currículo para freelancer
Exemplo de currículo para freelancer

Currículo para Freelancer

Mas o que é freelancer? São os trabalhadores autônomos que trabalham ou realizam uma atividade econômica ou profissional com fins lucrativos de forma habitual, pessoal, direta e predominante para uma pessoa física ou jurídica.

Os que se consideram trabalhadores autônomos, ou freelancers e economicamente independentes, deverão informar o cliente desta condição, e a melhor forma para “dizer” ou “mostrar” é através de um currículo freelancer bem montado.

Se você trabalha como autônomo, ou freelancer realmente precisará ter um bom currículo em mãos. Agora que já sabe que a profissão de Freelancer também precisa de um currículo é hora de aprender a fazer seu próprio currículo de acordo com cada exemplo ou modelo de trabalho freelancer.

Há diversos modelos e exemplos de currículo para freelancer ou qualquer outra profissão, mas para criar um bom modelo é preciso atentar-se em alguns pontos que fazem a diferença entre você ser contratado ou não. Vamos então aos exemplos e modelos currículo freela.

O que colocar no currículo para freelancer

Algumas pessoas gostam até de usar o modelo curricular tradicional, não que seja errado, mas também não é o correto. A primeira coisa que deve lembra é que você está prestes a criar algo que dirá através de algumas palavras, qual é o seu nível de profissionalismo, bem como suas competências, habilidades como freelancer e outras informações importantes como experiencia já atuada.

Descrever em seu currículo alguns projetos elaborados, melhorados e até executados é importante e pode fazer toda a diferença.

Informações básicas do freelancer

As informações básicas do freelancer são:

  1. seu nome
  2. e-mail
  3. número do telefone
  4. WhatsApp

Essas 4 informações são especiais e essenciais. O objetivo é o cliente saber como entrar em contato e conversar com você!

Uma boa ideia é colocar links para suas redes sociais, especialmente o LinkedIn, e de outras mídias que utilizar como profissional. Mas tenha cuidado da mesma forma que as redes sociais podem lhe ajudar, elas podem também lhe derrubar. Por isso tenha cuidado com seu circulo de redes sociais.

Competências técnicas

As informações sobre cursos realizados, capacitação profissional e experiências vivenciadas na carreira continuam sendo válidas, como em qualquer currículo. Dessa forma aproveite para indicar são seus diferenciais, por exemplo:

“trabalho há 6 anos com produção de conteúdo web”;
“já atendi os clientes como: sX, Y e Z” (caso possa ser falado quais são e não tenha contrato de confidencialidade);
“atuo na plataforma X”;
“tenho especialização no tema tal” etc.

Aproveite para mostrar seu trabalho e os resultados que pode garantir. Vale a pena até colocar aquele depoimento positivo de um cliente fiel. Afinal, seu intuito é chamar a atenção do cliente e conquistar vantagem competitiva em relação aos outros profissionais.

Andar com fotos de trabalhos seu em seu celular é uma boa dica para antecipar o que cliente deseja ver. Lembre-se, seja honesto com você mesmo.

Comportamento pessoal

O comportamento pessoal é importante para os freelances, pois precisam estar em contato com o cliente a qualquer momento, bem como algum funcionário dele ou familiar. Destacar seus pontos positivos de maneira rápida, e trazer confiança de que o resultado do trabalho será o melhor possível. Entre as possibilidades a serem destacadas podem estar:

  • proatividade;
  • boa comunicação;
  • flexibilidade;
  • liderança;
  • autoconfiança.
  • certificações

É realmente importante que você evidencie seu currículo e que tem conhecimento necessário para a empreitada.

Certificações

Coloque as suas principais certificações. Se tiver poucas, pode colocar todas elas. Mas se houve bastante, o ideal é colocar as mais importantes para aquele trabalho, até porque a ideia é comprovar para o cliente que você tem o perfil necessário para a vaga de freelancer.

Idiomas

Algumas oportunidades como freelancer podem ser diferenciadas no currículo freela ao colocar qual ou quais idiomas você fala é uma excelente ideia para chamar a atenção do potencial cliente.

Você deve ter percebido que o currículo para freelancer é bem parecido com de um profissional qualquer. Porém algumas informações precisam ser informadas e outras não. Isso serve de exemplo para qualquer modelo. Um ponto importantes sobre currículos é que um modelo feito para determinado trabalho, pode não ser útil para outro, por isso a ideia é aproveitar algumas partes, e fazer outros modelo e deixar guardado para quando precisar.

Formação

A formação é importante, coloque os cursos que fez, as especializações, curso superior caso tenha. Mas lembre-se sempre de colocar a formação importante para aquela vaga de freelancer, não como se fosse procurar emprego fixo. São currículo semelhantes, porém com dados diferenciados, um para cada caso.

Exemplo de currículo para freelancer
O currículo é parte importante do profissional que precisa especificar suas qualidade profissionais.

Crie seu exemplo de currículo para Freelancer

Seção 1: Objetivo

O objetivo, também conhecido como objetivo ‘profissional’, deve contar com uma ou duas frases que resumem o tipo de oportunidade que você está procurando. Não é a parte mais relevante do currículo, mas como muitas pessoas acabam entregando algo genérico (ou nada), esforçar-se aqui pode ser uma chance de se destacar.

Dica: sempre que for possível, adapte o objetivo para cada vaga a que você está se candidatando. Mas atenção! Nada de mandar o nome de uma empresa para outra por engano. Tenha atenção ao fazer seu currículo freelancer.

Exemplos:
  • Recém formada em Direito com interesse na área de propriedade intelectual em busca de uma posição inicial no escritório X.
  • Formada em Economia com experiência em liderança de equipes e interessada em construir carreira na empresa Z.

Seção 2: Formação

Essa parte é também muito importante, pois será aqui as informações sobre sua educação, sejam elas diplomas, certificados, especializações, extensões, intercâmbios ou cursos livres.

É bom não incluir aqui seminários, conferências ou similares se tiver sido apenas um ouvinte. Infelizmente algumas pessoas fazem isso para dar volume ao currículo ou “encher linguiça” e isso definitivamente não é recomendado.

O relevante mesmo são suas formações acadêmicas e não precisam ser de grande porte para constarem. Coloque o que aprendeu e que seja importante para a Empresa X, Fim de papo.

Dica: Seja simples: inclua nome da instituição, tipo de diploma ou certificado, curso, cidade e ano de conclusão. Notas ou médias ponderadas são desnecessárias, mas caso sua classe tenha um ranking e você esteja bem colocado, vale a menção.

Exemplo 1: Graduação

Graduação em Administração
Universidade do Brasil, São Paulo – Dezembro/2017

Exemplo 2: Intercâmbio

Graduação em Economia
Intercâmbio na Universidad de Madrid, Espanha – Junho a Dez/2017

Exemplo 3: Outras formações

Curso de extensão de econometria
Certificado da Instituição Y, Vitória – Janeiro a Abril/2017

Curso de lógica de programação
Certificado da edX.org – Junho a Dez/2017

Seção 3: Experiência

Esse campo é exclusivo para o campo“experiência”, use-o ao seu favor: não tenha medo de citar qualquer coisa que não é um emprego. É experiência aquilo que lhe adicionou em termos profissionais, onde você teve tarefas e tomou ações que tiveram resultados dentro de uma organização.

Para apresentá-las no papel, inverta a ordem cronológica, coloque a experiência mais recente primeiro.

Seção 4: Outras atividades

Teve algum experiência e ela foi tão boa que deve ser mencionada? Essas experiências que foram formativas de alguma forma, mas que não cabem em outros lugares podem ser colocadas nesse campo.

Exemplo: prêmios, vivências internacionais importantes, destaques acadêmicos e esportivos – todas apresentadas da maneira mais sucinta possível.

Exemplo 2: Passou três meses trabalhando no Canadá e isso teve importância em sua formação profissional? Coloque nessa parte. Seu grupo venceu uma competição de cases ou fez um documentário que teve bastante visualizações no YouTube? Cabe também.

Na hora de preencher essa seção, lembre-se sempre de que quem está lendo são recrutadores. Eles não querem saber se sua vida é animada, mas se você é um bom candidato – e tudo que estiver no currículo pode (e deve) virar assunto na entrevista, então filtre por relevância.

Exemplo 1: Voluntariado

ONG X – Agosto 2015 ao presente
Voluntário na ONG que luta pela preservação da mata atlântica. Em 2014, captei cerca de R$ 10 mil para a organização através de uma campanha de rua.

Exemplo 2: Prêmios

Competição de cases da Consultoria X – Setembro de 2016
Primeiro lugar na competição estadual no Rio de Janeiro e finalista nacional com um case sobre as estratégias de crescimento do Netflix no Brasil.

Exemplo 3: Vivências internacionais

The Walt Disney Company – Jun/2017 a Agosto/2017
Intercâmbio de trabalho na Disney Orlando durante as férias de verão norteamericanas, quando o parque recebe seu maior número de visitantes.

Exemplo de currículo para freelancer
Crie seu currículo sempre na simplicidade e seja verdadeiro.

Seção 5: Habilidades

Quer destacar seus conhecimentos sobre alguma ferramenta que tenha relevância para o tipo de posição que procura? Poderá fazer nesta seção. O importante é escrever de maneira sucinta e não adornar com adjetivos desnecessários. É bem vindo usar métricas como “básico, intermediário e avançado”.

Exemplo:

Microsoft Excel (intermediário), Adobe Premiere (avançado), Javascript (básico).

Seção 6: Idiomas

Aqui vem sua proficiência em outros idiomas sincera, E NÃO MINTA!. Caso tenha alguma comprovação de fluência, como um teste reconhecido ou um certificado de alguma escola, também pode incluí-la nessa seção.

Exemplo:

Francês intermediário (leitura e escrita), Inglês avançado (conversação, leitura e escrita – 109 pontos no TOEFL/2015), Espanhol básico (conversação, leitura e escrita – aluno da Escola X desde 2017).

Veja esse vídeo ideal para currículo para freelancer. Depois que assistir os vídeos que tal você fazer seu modelo e enviar para Catho como teste?

Agora veja como poderá criar seu currículo de forma criativo no Word dentro do artigo, o que é especialmente excelente para freelancers.

Modelos de currículo para Freelancer

Agora você poderá baixar alguns modelos de currículo de freelancer e editar conforme suas qualificações. Lembre-se que você pode e deve sempre manter seu currículo em ordem e atualizado. Baixe o modelo de currículo abaixo:

Cursos e Empregos: Modelo-de-CV-para-início-de-carreira

Exemplo de currículo para freelancer currículo (1)
Exemplo de currículo para freelancer currículo (2)
Exemplo de currículo para freelancer currículo (3)
Exemplo de currículo para freelancer currículo (4)
Exemplo de currículo para freelancer currículo (5)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.